20 novembro, 2016

Os 7 truques mais usados pelas marcas de cosméticos para nos convencer a comprar

No geral , a industria de cosméticos utiliza os mais variados truques na publicidade e nas embalagens dos produtos para nos tentar convencer a comprar os produtos . Mas será que as vantagens anunciadas são significativas ?

Vejam algumas das expressões utilizadas pelas empresas . Estas expressões tentam induzir o consumidor a achar que o produto possui vantagens , mas ... , como vão ver , não passam de formas para tentar convencer o consumidor .


7 - " Dermatólogicamente Testado " - Só porque um produto foi testado dermatológicamente , não significa que seja recomendado por dermatologistas . Aliás "dermatológicamente testado" é uma frase sem sentido , em que tentam mostrar uma vantagem que não existe : afinal de contas , todos os produtos para serem comercializados de forma legal , têm que ser dermatológicamente testados .

6 - " pH Neutro " - Produtos para a pele e cabelos muitas vezes são anunciados com "pH neutro" , numa tentativa de mostrar aos consumidores que o produto é menos irritante ou funciona melhor . A verdade é que qualquer produto decentemente formulado (significa : num laboratório especializado) , será feito numa gama de pH que seja compatível com a pele e o cabelo . O consumidor jamais vai notar a diferença entre um produto "pH neutro" e um "comum" .

5 - " Factor de Protecção Solar " - É óptimo que as empresas estejam adicionando factor de protecção solar (FPS) em diversos produtos , como a maquilhagem , por exemplo . No entanto , existem duas formas de protecção solar : física e química . A física é a protecção que nós conhecemos , aquela que bloqueia e reflecte os raios UV . A protecção química , no entanto , absorve os raios e cria radicais livres que causam danos à pele . Como não é usual identificar qual o tipo de protecção que o produto oferece , é bom ficarmos atentos : apenas por que um produto anuncia que tem factor de protecção solar , não significa que estejamos seguros e livres dos efeitos colaterais . Por isso , ao comprar protector solar , certifiquem-se se tem factor UVA e UVB .

4 - " Formula Comprovada " -  Os marketeer's sabem que a expressão "comprovada" é bastante forte , pois faz com que as pessoas automaticamente pensem "este produto funciona" . A verdade é que a tal "comprovação" da fórmula é dada pela própria empresa , e não por nenhum orgão externo competente . Assim , a expressão "comprovada" , neste contexto , não quer dizer muito : a eficiência do produto continua sendo uma mera questão de confiar ou não na marca . E que marca diria que as suas fórmulas não funcionam , não é ?

3 - " Ajuda a ... " - Seria ilegal para uma marca anunciar que um produto resolve um determinado problema directamente , quando na verdade não resolve o problema . No entanto , é perfeitamente legal anunciar que um produto "ajuda a ..." resolver um problema . A palavra "ajuda" é suficientemente vaga para que não haja o comprometimento com resultados . Então cuidado : muitas empresas usam esta expressão quando querem afirmar algo que não podem provar .

2 - " Para melhores resultados , use a linha completa " - Algumas pessoas acreditam que produtos feitos por diferentes empresas são de certa forma , "incompatíveis" . Ou seja , se , por exemplo , usam o shampoo de uma marca , deveriam usar o condicionador da mesma marca . A verdade é que cada categoria de produtos utiliza basicamente os mesmos ingredientes básicos , e variam apenas os aromas ou detalhes pouco importantes . Aliás , cada produto tem o seu ponto fraco e forte , então o melhor é variar sempre e misturar marcas .

1 - " Produto Natural " - De acordo com legislação , para um produto poder ser chamado de "natural" , basta que uma parte da composição da fórmula seja natural . E o resto da fórmula ? Pode ser composta dos produtos químicos mais agressivos , e ainda assim o produto encaixa nessa categoria . Para piorar a situação , não existe um consenso sobre o que a palavra "natural" significa : Algumas empresas dizem que se um produto vier de fonte natural , ele já pode ser chamado de natural (mesmo que seja modificado quimicamente posteriormente ) . O facto é que as empresas adicionam esta expressão nas suas embalagens para passar a impressão que os produtos são mais seguros , o que nem sempre se verifica ser verdadeiro .

Enfim , apenas para deixar bem claro : quando uma empresa usa estas expressões nas suas embalagens ou anúncios , não significa que a marca esteja de má fé . Pode ser que o produto seja de facto bom . Mas é importante conhecer e ficar consciente destes truques , pois eles são muito utilizados para tentar conferir vantagens e convencer o consumidor . Sejam conscientes e tomem as vossas decisões de comprar pelos méritos do produto ou da marca , sem se deixarem levar por truques ! 

Espero que tenham gostado !
Beijinhos ! 💋💋   

9 comentários:

  1. Eu antes de comprar gosto de ver/ler por aqui o que as meninas acham , muitas das vezes o que as marcas dizem não é de todo verdade.
    Adorei o post :)

    ResponderExcluir
  2. Isso já se sabe. As marcas querem é vender, mesmo que o produto seja uma treta, não vão dizer que não presta. Só compra quem quer. Eu antes de comprar cosméticos falo sempre com a minha tia médica e com uma amiga dela dermatologista.

    ResponderExcluir
  3. É verdade. Normalmente querem impingir o produto

    ResponderExcluir
  4. Olá, Carla! Achei o post muito interessante. Dá que pensar na realidade ...
    Obrigada, beijinhos

    ResponderExcluir
  5. O teu post alertou-me para coisas que realmente ainda não tinha pensado... Um truque que faço Carla é vir aqui ler a vossa opinião, ler o que as outras meninas experimentam, o que pensam acerca. É o que costumo fazer :)
    Beijinhos,

    Sónia Carvalho

    ResponderExcluir
  6. muito interessante este artigo :)
    beijinhos

    ResponderExcluir