11 janeiro, 2017

Confissão


Há 21 anos que vivo no purgatório , no limbo , com a vida a prazo . Todos os dias de manhã quando acordo , a primeira coisa que faço é sentar-me na cama e em silêncio agradeço a Deus por me conceder mais um dia e peço perdão por colocar filhos neste mundo cão , repleto de maldade e gente mal intencionada , de injustiças , de pessoas sem escrúpulos , e rezo para que os meus filhos e todos os "filhos" deste mundo nunca se cruzem com pessoas assim . Os filhos não são nossa propriedade , não são objectos para serem utilizados para obter lucros ou vantagens , são pessoas , seres humanos , com sentimentos e que devem ser respeitados e protegidos. 

- Ando cansada de ver tanta maldade intencional , fico revoltada e por tem que existir coragem para demonstrar essa revolta . Sou uma lutadora por natureza , a vida nunca foi muito gentil para comigo , e sempre lutei , umas vezes só , outras acompanhada para poder educar , passar bons valores , encher os corações dos meus filhos de bondade , de senso de justiça , amor e respeito ao próximo . Incutir-lhes a honestidade , a ética , o serem responsáveis , atingirem os seus objectivos e a lutarem por aquilo que desejam sem passarem por cima de ninguém , mas acima de tudo humildade .
E se continuo a ter forças para caminhar entre os vivos é por eles .

- Nunca fui pessoa de me lamentar , ou pedir o que quer que seja , seja a quem for , não por orgulho ou por vergonha e sim vivo com algumas dificuldades , não sou rica , mas nunca pedi nada a ninguém , não vivo de subsídios nem prestações da segurança social (que a meu ver não funciona nada bem neste país ! mas isso é outros 500) , sempre arregacei as mangas e fui à luta . 

- Já trabalhei no campo , já fiz limpezas , já limpei escadas , já tomei conta de crianças , de idosos , já lavei loiça em restaurantes , já trabalhei numa bomba de gasolina até nadadora -salvadora já fui durante dois Verões , e a lista continuava por aqui abaixo ! 
Já houve uma altura que trabalhava em 3 sítios diferentes ao mesmo tempo , para que não faltasse comida e tecto aos meus filhos . E sempre com um sorriso no rosto e muita esperança da vida também ela um dia me sorrir de volta . 

- Não , não sou perfeita , longe de mim , também tenho defeitos , para alguns tenho mau feitio , porque digo as verdades na cara , para outros sou antipática , porque não me desfaço em sorrisos e mimimis ... enfim e muitas outras coisas que pensam acerca de mim , e que não me dizem absolutamente nada , porque não tenho nada a ver com o que os outros pensam .
Para mim sou apenas uma pessoa como muitas outras , com defeitos e qualidades , vou errando e acertando pela vida fora , mas tentando sempre aprender com os erros e todos os dias melhorando como ser humano . Não sou de me queixar ou lamentar , penso que isso não ajudar-me em nada ou resolver os problemas , sou de agir , de fazer algo para resolver os problemas .

- Tenho opiniões sobre certos assuntos que muitas pessoas certamente não concordarão , mas não é por isso que vou deixar de dá-las ou expor os meus pontos de vista ou deixar de ter as minhas convicções . Ainda à pouco fiz um desabafo no meu perfil pessoal sobre um assunto que me incomoda imensamente , e como sempre houve alguém que sentiu a necessidade de contestar a meu desagrado , ficando visivelmente perturbada com as minhas palavras , sendo que não é segredo para ninguém que existem imensas pessoas nesta rede social que postam fotos dos filhos chamando-os de "Meus Reis" e dizendo coisas como ; és a razão do meu viver , sem ti não vivo , etc ... quando todos sabemos que na realidade não é nada disso , são crianças negligenciadas , mal-tratadas , ignoradas e sabe Deus mais o que se passa e casos desses são bem visíveis podemos nos aperceber através das fotos , enquanto que as mães que amam , cuidam e protegem os seus filhos , raramente postam fotos dos mesmos , e quando o fazem é para celebrar ou uma data especial ou algum acontecimento que queiram assinalar , quem vê as fotos , consegue aperceber-se do carinho . do cuidado , do orgulho que têm nos seus rebentos . 

- Não andam por ai a fazer peditórios usando os filhos para esses fins , e muitas dessas mães , supostamente pobres e com dificuldades, quando lhes dão alimentos ou roupa deitam no lixo , algumas chegam ao ponto de inventarem doenças gravíssimas aos filhos com a finalidade de arranjarem dinheiro , dinheiro esse que depois é investido em futilidades , roupas e ténis de marca , passeios , telemóveis e outro tipo de gadgets , mais caros que a renda que eu pago todos os meses , (eu trabalho desde os 15 anos , tenho agora 40 , e o telemóvel mais caro que já tive custou 80€) 

- Existem grupos no Facebook a denunciar este tipo de burlas , são ás centenas que andam por aí , não disse mentira nenhuma , não falei para ninguém em particular , referi-me aos imensos casos deste tipo dos quais todos os dias chegam ao meu conhecimento , existem mães maravilhosas por aqui também , graças Deus , e essas que lerem o meu desabafo entenderam aonde eu quis chegar ! Agora que se ofende com a verdade , que posso eu dizer ?! 
Ora poupem-me por favor , se não querem ler as verdades então pediram amizade à pessoa errada , doa a quem doer , é assim que eu sou , primeiro a verdade e não compactuo com pessoas desonestas ! Sou assim e serei assim até morrer . Quem me conhece sabe que sou contra injustiças , já deixei de comer para dar a quem tinha mais fome do que eu , já tirei do meu corpo para dar a quem tinha frio , sou a primeira a interceder quando vejo que alguém está a ser vitima de qualquer tipo de injustiça , sem nunca esperar algo em troca e acima de tudo nunca julgo ninguém . Mas as verdades hei-de de continuá-las a dizer sempre ! 

- Sofro de uma doença crónica incurável há 21 anos , nem todos os dias são bons para mim , mas continuo de pé como as árvores , firme como um rochedo , com convicções inabaláveis , já sofri na pele o preconceito de pessoas incultas , já vivi relações amorosas desastrosas , perdi o meu pai ainda muito jovem , fui vitima de bullying na escola , sobrevivi a um incêndio em casa no qual perdi tudo , mas segui sempre em frente de cabeça erguida e sem nunca esquecer as minhas origens e de onde vim , o que quero para a minha vida . Quem vier de um bom lugar com boas intenções e que seja honesto comigo , tem aqui uma amiga fiel para toda a vida , agora ao contrário nem vale a pena tentarem , porque como inimiga nem o Diabo me quer . 

- Criei este espaço para estar entretida , partilhar coisas bonitas e positivas e também sonhar um pouco com as coisas bonitas e boas da vida , que todas nós mulheres gostamos , este é o meu lugar especial (o meu happy place) é aqui que me refugio da negritude que cobre o mundo lá fora , não criei este espaço para obter seja o que for , com intenções de obter lucros ou ganhos , isso fica para as profissionais , eu sou amadora , apenas amo aquilo que faço , as coisas materiais não passam disso mesmo , matérias que um dia desaparecem , esgotam-se e acabam no lixo , eu procuro e faço colecção de bons momentos e memórias . 

- E hoje resolvi fazer este desabafo (que já vai muito longooooo) , primeiro , porque o dia não foi muito gentil comigo e o cansaço acumula-se e por vezes existe uma necessidade  primordial de extravasar certos sentimentos cá para fora . Segundo , porque existem aqui algumas pessoas que vão seguindo o que publico por aqui e acho que merecem que eu me dê a conhecer um pouco mais para além daquilo que tenho mostrado . 

 


Um obrigado muito grande do fundo do coração , a todos os que vão dando atenção e seguindo o que por aqui vou fazendo ! 
Beijinho e desculpem qualquer coisa 💋

5 comentários:

  1. Olá, Carla! Li cada palavra, percebi cada intenção e desabafo, compreendi todas as tuas razões e pensamentos e por fim, embora tenha sido um grande e tremendo desabafo, fiquei feliz por conseguires "por para fora" tudo o que te vai na Alma e conhecer-te um pouco melhor. Embora seja virtualmente, sigo-te de coração e sempre havida por um novo post Very Pink ... Muito obrigada e beijinhos grandes

    ResponderExcluir
  2. Olá, Carla! Li cada palavra, percebi cada intenção e desabafo, compreendi todas as tuas razões e pensamentos e por fim, embora tenha sido um grande e tremendo desabafo, fiquei feliz por conseguires "por para fora" tudo o que te vai na Alma e conhecer-te um pouco melhor. Embora seja virtualmente, sigo-te de coração e estou sempre havida por um post Very Pink ... Muito obrigada e beijinhos grandes

    ResponderExcluir
  3. Olá Carlinha. Bem, nunca um post me tocou tanto no coração. Como sabes já abordei o tema de passar dificuldades na minha página, de pessoas que só se sabem lamentar, mas enfim! Em relação à situações de maes conheço algumas assim! Q se aproveitam dos filhos para ganharem dinheiro...mas sem comentários

    Tiveste uma vida difícil. Mas vamos acreditar que melhores dias virão. Desejo-te tudo de bom neste mundo tu mereces ♡

    Beijinhos grandes ��
    Ps: obrigada por partilhares a tua história connosco

    ResponderExcluir
  4. ai mé mor, eu vi o teu desabafo e vi como ficaste "passada" com cada uma que te contrariava, pensei para mim, a carlinha tá a ficar como eu no principio... e até fiquei meio preocupada...
    principalmente os grandes combatentes (nós os tristes que já passamos fomes dificuldades e injustiças)de vez em quando caem bem fundo...
    eu consegui-me controlar e pouco se soube pela net
    mas identifiquei-me contigo uma das fases é uma raiva tão grande, que nos ultrapassa,fartas de merdas e injustiças
    era tão compreensiva e neste momento penso na maior parte das vezes, opá vai-te esconder!!!
    espero que no teu caso, seja coisa passageira... como tou doente uma coisa que faço é distanciar-me de tudo e todos, o que não sei ,não me massacra.
    e é como te digo agora que os meus já sabem que sofro de ansiedade cronica, evitam foder-me o juízo, e quando a conversa não me agrada falo logo em crises
    por isso que não há nada melhor que termos fama de malucos hahahahahhaahahha ai mãe vou para o inferno

    ResponderExcluir
  5. Olá Carla, como estás?
    Espero que bem.

    Li-te e nas tuas palavras. Sinto muito respeito por ti, pelas tuas lutas e por continuares a acreditar que apesar de todos os males porque sim, os há e não vale de nada fazer de conta que não, que mesmo assim confias no amor, na bondade, nos gestos simples e bons, nos corações humanos. Porque os há. Porque somos.
    O mundo não é só preto e branco. Tem cor. Há momentos em que as cores se diluem, não as vemos ou ausentam-se... Mas acredito que o amor, que a força positiva, o bem, um dia, levam de vencida.

    Seja o que for que te deixe mais sensível, triste, olha para os teus filhos, olha o que para o de bom lhes dás, amor, valores, crença e sorri porque já estás a fazer a tua parte para ajudar a este mundo ser melhor. :)

    Dias bons virão! Não 3 mas já tive dois trabalhos em simultâneo, um de 8 horas e saia dele para mais um de 4 em part-time. E depois fiquei desempregada. Recentemente fui aprender mais (pois licenciaturas de muito pouco valem no nosso mercado de trabalho). Tinha trabalho de 8 horas diárias e saia a correr para o curso que tinha à noite. Todos os dias perdia quase meia hora do curso porque o mesmo começava quando saia do trabalho e leva-se tempo a chegar... E ainda me inscrevi numa formação aos sábados para aperfeiçoar o curso que fazia durante a semana.
    Tenho vivido altos e baixos. Tive desilusões. Perdas.
    Mas confio. É o que tenho ao meu alcance. Sei que esforço e um dia vai dar frutos.
    Confia também Carla. Mereces e vais conseguir!
    Obrigada pela tua partilha.

    Beijinho e tem um excelente fim-de-semana,
    Sónia Carvalho

    ResponderExcluir